9, dez, 2015

Ácido Azeláico: Relação com o Melasma

Na natureza, o ácido azeláico pode ser encontrado nos grãos de trigo, cevada e centeio. Esse composto, muito utilizado em tratamentos dermatológicos, traz diversos benefícios para a pele, inclusive para casos de melasma.

Por que o Ácido Azeláico é importante

O ácido azeláico tem ação despigmentante, uma vez que inibe a ação da tirosinase, enzima responsável pela síntese de melanina. Não apenas por isso, mas também pelo fato de ser bem tolerado pela maioria dos pacientes, esse ácido é muito utilizado para tratar as manchas do melasma.

Como pode ser usado em tratamento de pele

Além disso, esse composto pode ser utilizado em tratamentos de acne e envelhecimento da pele. No caso da acne, o acido azeláico é indicado por ter ação antibacteriana. Já para combater o envelhecimento, é recomendado por ter ação antioxidante, combatendo os radicais livres e devolvendo à pele um aspecto jovem.

Porém, vale ressaltar que o uso desse composto deve ser indicado apenas pelo seu dermatologista, que saberá indicar a concentração ideal para cada tipo de pele.

Quer saber mais sobre o tema? Veja essas 5 perguntas comuns sobre melasma!

Compartilhe:
Comentários: