1, set, 2015

Cinco erros no uso do protetor solar, que podem comprometer o tratamento contra o melasma

Que usar protetor solar é fundamental, você já sabe. Mas, existem alguns erros no uso do produto que podem comprometer todo o seu tratamento contra o melasma. O dermatologista Bruno Vargas dá algumas dicas importantes:

1. Usar protetor solar só na praia ou piscina: tem que passar todos os dias, logo pela manhã, principalmente nas partes mais expostas, como rosto, pescoço, mãos, braços e colo.

2. Não reaplicar o protetor periodicamente, se exposto ao sol. “Se você estiver na praia, reaplique sempre após o banho de mar ou de duas em duas horas”.

3. Ir para a praia ou piscina sem protetor e só passá-lo lá. “O protetor deve ser passado de 15 a 30 minutos antes, para que a pele absorva o produto e ocorra o efeito químico de proteção desejado”.

4. Usar protetor solar vencido. “Isso é um grande erro. Aproveitar o restinho do protetor vai colocar sua pele em risco”, afirma o médico. Segundo ele, esse tipo de produto possui em sua fórmula compostos passíveis de degradação, como perfume, conservante e outras substâncias. Após o prazo de validade, ao entrar em contato com a mucosa, essas substâncias favorecem o surgimento de bactérias e fungos que podem provocar inchaço, bolhas, vermelhidão e até lesão da córnea, se utilizado próximo aos olhos. Bruno Vargas orienta que, caso isso ocorra, é importante lavar bem a região que recebeu o produto com água corrente e, caso haja alguma lesão na pele, procurar o auxílio de um dermatologista. O médico ainda ressalta que, mesmo que não esteja vencido, é preciso estar atento à aparência do produto, cheiro e consistência.

5. Praticar esportes sem a proteção solar específica: “Se você sua muito ao praticar esportes, é fundamental usar um bloqueador solar que contenha dióxido de titânio e óxido de zinco”. Essas substâncias formam um tipo de barreira física, além da química normalmente fornecida pelo filtro normal. “Isso é fundamental, pois quem pratica muito esporte perde a proteção junto com o suor”.

Compartilhe:
Comentários: