9, mar, 2016

Como os lasers agem na pele?

Procedimentos a laser são indicados para tratamentos estéticos com diferentes finalidades, entre elas, no clareamento do melasma. Mas, afinal, como ele age na pele? Antes de responder a essas perguntas, faz-se necessário recordar a relação dele com a pigmentação. Veja essa breve explicação do dermatologista Bruno Vargas

Como explicou o médico, em resumo, trata-se de uma disfunção que leva ao excesso de produção de melanina, pigmento que confere proteção e coloração à pele. Os lasers utilizados em tratamentos de melasma atuam, justamente, na quebra da melanina em partículas menores, fazendo com que ela seja absorvida pelas células e eliminada pelo organismo. Dessa forma, as manchas são atenuadas, tornando a pigmentação mais homogênea.

Porém, é importante ter cautela durante o período de tratamento. O uso de lasers pode deixar a pele mais sensível e, nesse caso, a exposição solar pode ter efeito oposto, agravando as manchas. Ou seja, a falta de cuidados pode piorar o quadro de melasma, fazendo com que surjam lesões mais profundas do que as anteriores.

Por isso, informe-se bem antes de realizar o procedimento!

Compartilhe:
Comentários: