29, out, 2015

Fotoproteção oral funciona?

Fotoprotetores orais são uma espécie de filtro solar em formato de cápsulas, compostos, basicamente, por uma combinação de agentes antioxidantes. Esses agentes bloqueiam a ação de oxidação das células, causada pelos temidos radicais livres, moléculas que aceleram o envelhecimento da pele.

Apesar de ser uma opção bastante prática para evitar danos e o surgimento de manchas decorrentes da exposição solar, a fotoproteção oral não é recomendada como forma única de proteção da pele. O ideal é que ela esteja sempre associada a outros tipos de cuidados, como uso de protetores químicos e físicos, chapéus e respeito aos horários adequados à exposição solar.

Os fotoprotetores são bastante efetivos, mas muita gente pensa que apenas usando-os estarão suficientemente protegidas, e acabam abusando do sol. Isso pode afetar ainda mais a pele, principalmente em casos de disfunções, como o melasma, e agravar as manchas. Converse com um dermatologista e saiba como se proteger.

Compartilhe:
Comentários: