13, abr, 2017

Mitos e verdades sobre o Melasma

Todos os dias pessoas trocam mensagens nas redes sociais sobre Melasma. É claro que há muita informação boa, mas também há coisas estranhas e sem nenhuma comprovação científica. Portanto, cuidado com o que você lê. Abaixo, listamos alguns mitos e verdades sobre o problema.

Mitos e Verdades Sobre Melasma

1 – Melasma não tem cura. VERDADE

O melasma ainda não tem cura, mas pode perfeitamente ser controlado com tratamentos adequados e acompanhamento médico.

2 – A gravidez aumenta o risco de manchas. VERDADE

Durante a gestação ocorrem alterações na quantidade de hormônios circulantes no corpo da mulher, estimulando a produção de melanina e o aparecimento das manchas. (Leia mais sobre gravidez e melasma neste artigo)

3 – Manchas decorrentes da gestação desaparecem após o parto – TALVEZ

Durante a gestação, a possibilidade de a mulher ter manchas no rosto é muito grande, já que o índice mais alto do estrógeno e progesterona, hormônios presentes na gestação, aumenta a produção de melanina pelos melanócitos. Isso aliado à falta de proteção solar, gera o melasma.

Não há como prever se a mulher terá manchas ou não, mas a boa notícia é que já existem tratamentos que podem ser feitos durante a gestação e amamentação. Entre eles o uso do ácido azeláico e vitamina C, combinados com proteção solar correta.

O melasma pode atenuar espontaneamente após a gravidez. Mas, o tratamento acelera seu desaparecimento. Após a melhora, a proteção solar deve ser mantida para evitar o retorno das manchas.

4 – Depilação facial aumenta as manchas: PARCIALMENTE VERDADE

A cera quente não causa melasma, nem se usada muito constantemente. Porém, ela pode deixar a pele mais sensível e ruborizada, o que favorece o desenvolvimento ou agravamento das manchas. Qualquer método depilatório, se causar irritação da pele, pode gerar um estímulo ao melanócito e aumentar a produção de melanina, piorando a mancha. Por isso, o uso de laser para depilação deve ser realizado com cautela, com equipamento adequado e profissional habilitado.

5 – Só mulheres têm melasma – MITO

Homens também têm melasma, mas a ocorrência maior é nas mulheres. Tanto eles quanto elas devem manter o hábito de se cuidar e usar o protetor solar frequentemente.

6 – Problemas na autoestima podem levar às manchas – VERDADE

O melasma está relacionado, entre outras questões, a fatores emocionais e psicológicos. Quem sofre com as manchas pode sentir-se mal, sofrer queda na autoestima e ter o bem-estar afetado. A situação, porém, se não for devidamente acompanhada por profissionais, tanto dermatologistas quanto, em alguns casos, de psicologia ou psiquiatria, pode gerar um ciclo, já que períodos de impactos emocionais, em que os pacientes se encontram muito ansiosos ou cansados podem representar uma piora do quadro do melasma.

7 – Só preciso usar protetor solar ao sair de casa – MITO

Pessoas que trabalham em ambientes interiores muitas vezes não se preocupam com a fotoproteção, pois acreditam que estão reguardados dos malefícios causados pela radiação, justamente por estarem em ambientes fechados. Embora a intensidade da radiação ultravioleta seja, em regra, maior no ambiente exterior, a radiação que penetra através do vidro das janelas e a radiação emitida pela iluminação artificial, podem causar o envelhecimento e manchas na pele.

Fique por dentro de outras novidades sobre melasma em nossa página no facebook.

Compartilhe:
Comentários: