29, jun, 2017

Propionato de clobestasol para melasma?

Na busca por dar um fim ao melasma, não é raro encontrar pessoas que tentam de tudo, se arriscando, inclusive, com promessas milagrosas de produtos que, nem sempre, têm eficácia comprovada. O uso indiscriminado de corticóide, como o  propionato de clobetasol, para clarear as manchas é um dos erros comuns.

Propionato de Clobetasol: É realmente indicado?

O dermatologista Bruno Vargas, responsável pelo Portal, explica que se trata de um medicamento da categoria dos corticóides, geralmente, indicado para tratamento de algumas desordens dermatológicas. “Essas fórmulas que têm corticoides, puro ou associado com hidroquinona, clareiam, em um primeiro momento. Contudo, apresentam efeito rebote e, em longo prazo, podem causar telangiectasia, que são aqueles microvasos na superfície da pele”, pondera.

Aplicações por longos períodos

Ele ressalta, ainda, que o propionato de clobetasol é um corticoide de alta potência. “Justamente por isso, há uma série de complicações que torna indesejável sua aplicação na face por longos períodos. Em algumas patologias, o dermatologista pode indicar o uso pontual de corticoides na região, mas sempre de potência menor”.

Se quer saber mais sobre os tratamentos para melasma, confira esse artigo e veja sobre como combinar tratamentos pode ser mais eficaz!

Compartilhe:
Comentários: