10, jun, 2015

Roupas com fator de proteção solar: vale o investimento?

É cada vez mais comum ver crianças usando, na praia ou piscina, roupas com proteção solar ultravioleta, que dão mais segurança durante permanência prolongada ao sol, evitando prejuízo para a pele. Usada em outros países há muitos anos, principalmente na Austrália, onde começou a ser desenvolvido, só agora esse tipo de roupa começa a se popularizar em nosso país.

É claro que todos os tecidos têm um grau de proteção, conhecido como FPU (Fator de proteção ultravioleta) ou UPS, em inglês. Mas, os tecidos de camisetas para o dia a dia têm FPU baixo, equivalente a FPU 5 ou 7. E, se estiverem molhadas, o fator cai para metade. Já as roupas com proteção UV tem FPU 50+, fazendo com que 98% ou mais dos raios ultravioletas solares sejam absorvidos.

Isso ocorre em função do tecido especial com que essas roupas são confeccionadas. Para haver uma capacidade de proteção solar significativa, alguns itens devem ser avaliados, como o tipo de fibra e sua trama, além da presença de absorvedores da radiação ultravioleta. E, se esse tipo de roupa não sofre alteração em sua proteção solar mesmo quando molhada.

Portanto, vale o investimento, principalmente para as crianças, que detestam parar as brincadeiras para repassar o protetor solar. Nas mulheres, é ideal para proteger principalmente o colo, pois essa parte do corpo recebe muito sol e acaba por sofrer mais alterações, como vincos e vermelhidão.

Além das roupas com proteção solar, existem ainda chapéus, bonés e viseiras com confeccionados com proteção UV.

Quer continuar sabendo tudo sobre proteção da pele? Veja esse artigo específico para proteção solar para pele oleosa!

Compartilhe:
Comentários: